Escola Waldorf a Oliveira

Eventos

2017 / 2018

Outono:

O Outono representa uma época que apela à coragem para enfrentar a escuridão das longas noites e da aparente morte que se vai manifestando na natureza. Tudo nela inspira recolhimento, para que o cultivo da luz interior permita o encontro consigo próprio, num processo de interiorização consciente dos processos de vida.

  • SETEMBRO
    • S. Miguel (dia 29)
      Expressa a coragem para enfrentar os medos interiores (simbolizada na lança de ferro de S. Miguel quando domina o dragão).
       
  • OUTUBRO
    • Festa de Agradecimento das Colheitas (1º domingo do mês)
      Agradecimento à mãe terra pelo sustento - frutos e cereais - que deu.
       
  • NOVEMBRO
    • S. Martinho (dia 11)
      Simboliza a solidariedade e o espírito de partilha numa época em que a natureza despida nos indica um caminho de luz interior.
       
  • DEZEMBRO
    • Advento (de 1 a 25)
      Anunciação de um nascimento – o nascimento da Criança. Época de esperança e veneração pelo mistério da Infância. O jardim ou espiral do Advento simboliza a progressiva revelação do Ser que vai nascer.
       

Inverno:

O Inverno é um tempo de fé e de esperança na gestação das sementes, na sua futura germinação, no renascer da vida.

  • DEZEMBRO
    • Natal (dia 25)
      Festa da natividade: o nascimento da Criança, portadora da Vida.
       
  • JANEIRO
    • Dia de Reis (dia 6)
      Simboliza o acolher e reverenciar na Criança, o Homem em devir, nela latente.
       
  • FEVEREIRO
    • Festa das Candeias (dia 1)
      Simboliza o iluminar do caminho das sementes que da terra germinam para o mundo exterior.
       
    • Carnaval
      Permite o exorcizar dos medos e das imperfeições humanas, através da máscara, fazendo de conta que se é outra pessoa, no sentido de aperfeiçoar e purificar-se.
       

Primavera:

A Primavera é uma época de deslumbramento e dádiva. É a celebração da fertilidade nas várias manifestações de vida e acolhimento da luz que vai aumentando. A natureza ganha forma, cor e estrutura e isso dá segurança, estabilidade e alegria, alimentando o encontro e a criação de laços com os outros.

  • ABRIL
    • Páscoa (dia 1)
      Época de limpeza e purificação, interior e exterior. Na natureza é o momento de limpar os campos e canteiros para semear. Celebração do renascimento da Vida. Esta celebração, a ser vivida logo pela manhã, simboliza o ressurgir no despontar da vida. Os elementos mais simbólicos desta época são o ovo e a lebre. O ovo simboliza a fertilidade e a continuação da vida. A lebre da Páscoa simboliza a dádiva da Vida a favor da prol, pois atrai o predador para si, para salvar os outros.
       
  • MAIO
    • Festa de Pentecostes (50 dias depois da Páscoa)
      Celebração da amizade e da alegria de estar irmanado com os outros. Mensagem de paz e de verdade, simbolizada na pomba branca.
       

Verão:

O Verão simboliza uma época de êxtase e entrega ao calor que aumenta e ao apogeu da luz. É a celebração pelo fogo que nos eleva e aproxima do cosmos – a Terra está mais próxima do Sol. Festejam-se a abundância e os frutos que a terra amadureceu, preparando-se para um novo recolhimento.

  • JUNHO
    • Festa de S. João (dia 24)
      Celebração do calor pelo fogo purificador (fogueiras de S. João) e celebração da abundância nas colheitas que se iniciam.